Guia dos Solteiros

Câmera de segurança: vale a pena comprar uma?

Veja aqui alguns modelos de câmeras de segurança que todo mundo pode ter. Há boas opções por até R$130,00.

Exagero ou necessidade? Câmeras de segurança têm sido cada vez mais usadas por pessoas que querem garantir a segurança de suas famílias e patrimônios. Obviamente, uma câmera de segurança não vai garantir que um assalto não ocorra, mas um bandido irá pensar duas vezes antes de tentar invadir uma casa vigiada. As câmeras de vigilância são ainda fundamentais para auxiliar as autoridades na investigação de crimes como furtos, arrombamentos, assaltos e outros tipos de violência.

A violência nas grandes cidades assusta toda a sociedade, e não apenas empresários, donos de estabelecimentos comerciais ou administradores públicos estão apelando para a vigilância eletrônica, mas também o cidadão comum. A mais recente pesquisa do Instituto DataFolha, de 2015, revelou que uma das maiores preocupações do brasileiro é com a segurança. Com o desenvolvimento das tecnologias de vigilância, adquirir uma câmera se tornou viável para qualquer pessoa que sinta necessidade de mais proteção. São vários modelos disponíveis para atender necessidades diferentes.

Saiba quais são os modelos de câmera de segurança mais procurados

camera de segurança

Mini câmera: de tamanho reduzido, é um modelo bastante discreto. A vantagem é que a mini câmera pode ser instalada em qualquer lugar, desde que seja em ambientes internos, pois não possui proteção contra chuva, vento ou outras intempéries. Mas ela pode ser instalada dentro de um Mini Dome ou Micro Dome, como forma de proteção. A imagem captada também possui baixa qualidade, e apesar de ser possível encontrar em lojas especializadas como a Câmera e Segurança modelos por R$37,00, os compradores têm preferido atualmente as câmeras dome.

Câmera Dome: o formato arredondado faz desse tipo de câmera um modelo mais discreto, e por possuir dimensão mais reduzida, pode ser instalada no teto ou na parede. Oferece imagem de qualidade e possui infravermelho. Esse é um dos modelos mais baratos, e é possível encontrar uma Câmera Dome 800 Linha por R$80,00.

Câmera Bullet: é o tipo de câmera mais utilizada no mercado, e possui diferentes formatos e modelos. Ela pode ser instalada em áreas externas, não necessita de proteção, e ainda possui LED infravermelho que potencializa a visibilidade noturna. É possível encontrar modelos de R$125,00, como a Câmera Tecvoz com 800 linhas.

Câmera Infravermelho: esse aparelho utiliza tecnologia do LED de frequência infravermelho, que acende assim que o sensor percebe a ausência mínima de iluminação necessária, garantindo a qualidade da imagem mesmo nos ambientes mais escuros. A câmera AHD Showcam possui 1 megapixel de resolução e custa só R$128,00.

Uma das opções mais modernas e caras é a câmera IP. Ela possui um servidor interno que permite o envio direto de imagens captadas para a internet, e a própria câmera gera um endereço de IP, daí o nome. Elas podem ser fabricadas com fio (que captam e guardam imagens de alta qualidade) ou wireless (são sem fio para conexão à internet, mas utilizam fios para se conectar a energia), mais econômicas e com menor resolução de imagem. Esse é um dos modelos mais caros, por utilizar uma tecnologia moderna, e há modelos de mais de mil reais. Já a solução mais barata, mas pouco recomendada, são as câmeras falsas. Como um brinquedo, ela simula uma câmera verdadeira, e pode inibir ações indesejadas de criminosos. Alguns modelos ainda possuem iluminação em LED, que é aceso quando o aparelho é conectado à energia, criando a impressão de maior veracidade.

 

Dicas para escolher a melhor câmera de segurança

Antes de adquirir um dos muitos modelos disponíveis no mercado, é bom saber que se o objetivo for qualidade de imagem, a melhor opção é a câmera HD. Há ainda aparelhos que captam e reproduzem imagens com qualidade Full HD, e as mais acessíveis são as câmeras AHD (Analogic High Definition). As analógicas alcançam 800 linhas no máximo, apesar de anunciarem modelos de até 1200 linhas, mas que não fazem nenhuma diferença no resultado final. Ainda em relação à imagem, existem dois formatos de sensor, 1/4 de polegada e o de 1/3 de polegada, que diferem em termos de ângulos de abertura. Imagens mais abertas possibilitam uma visão mais panorâmica, enquanto o ângulo mais fechado permite o foco em um objeto mais distante.

Adicionar comentário