Guia dos Solteiros

Como escolher o seu carro – Um guia completo!

Muitas pessoas associam o carro ao fato de dar mais conforto para a família, principalmente quando ela é composta também por crianças, afinal, não é muito fácil sair com os pequenos de ônibus por aí. Mas quem disse que, só pelo fato de você ser um solteiro (por opção, ou não), ter um carro é algo fora da realidade? É claro que ao adquirir um bem como esse, você deve estar ciente de que ele lhe trará alguns custos adicionais, porém, nada que um bom planejamento para ajudar a manter as contas sempre em dia não resolva

escolher carro
Duvida na hora de escolher o carro? Te ajudamos!

Pensando nisso, o Guia dos Solteiros preparou algumas dicas para você escolher o melhor modelo de carro, que aliará um custo acessível (seja na compra e na manutenção) e o conforto que você sempre desejou. Confira:

Posso pagar por ele?

Se você é um solteiro organizado e que preza por ter suas contas sempre em dia, talvez, essa dica não seja nenhuma novidade, porém, se você é daqueles descontrolados financeiramente, vale uma reflexão nesse tópico. Poder pagar por aquilo que compramos é fundamental para que tenhamos uma vida financeira saudável e sem riscos. Ao procurar por um carro, lhe garanto que você se encantará por muitos deles, porém, não deixe se levar pela impulsividade e tenha a sensatez de adquirir um carro que você realmente possa pagar.

Algumas categorias possuem modelos atrativos e com um ótimo CustoXBenefício. O modelo hatch pequeno está entre os preferidos e atende esses detalhes. Procure pelo Renault Sandero, HB20, Onix, Fiesta ou Fox. Possivelmente, você encontrará um que esteja de acordo com as suas necessidades e que se adeque ao orçamento.

E a manutenção?

Agora que você definiu qual será o seu carro leve a mão à consciência e, mais uma vez, reflita: “Vou conseguir manter esse carro?” – Pois é, esse detalhe muitas vezes fica de lado no momento da compra de um carro, pois o impulso e a vontade de ter faz com que esqueçamos que um carro é como um filho: custo mensal que você não consegue evitar.

Entre os principais custos que você terá com um carro podemos destacar: combustível, manutenção mecânica (que não é mensal, mas você deve estar sempre preparado), lavagem (seja em casa ou num lava-rápido) e o seguro auto (veja mais detalhes abaixo).

Novo ou usado?

Talvez essa seja a principal dúvida. Ambas as opções podem ser boas, tudo dependerá do seu poder aquisitivo no momento da compra. O carro novo tem como principal vantagem às garantias oferecidas pelas montadoras e a baixa possibilidade de problemas mecânicos. É claro que tudo tem um preço, e isso, faz do carro novo muito mais caro.

carro-velho

Já o carro usado possui um preço mais acessível, porém, a possibilidade de você enfrentar problemas mecânicos é muito maior. Além disso, dependendo da idade do carro, as seguradoras não aceitam fazer um contrato.

Agora você tem que colocar na balança os prós e contras de cada opção e se definir.

Pesquise, pesquise, pesquise (e antes de cansar, pesquise outra vez)

Se você já definiu qual será o modelo e se ele vai ser novo ou usado não se canse de pesquisar. Visite todas as lojas possíveis e não deixe de negociar com os vendedores o maior número de vantagens que você possa receber pela aquisição do veículo. Acredite: eles têm margem para negociar, basta que você seja bom de conversa. Coloque sempre na mesa que aquela não será a única loja visita e que você não medirá esforços para adquirir o veículo com o menor preço.

Faça um test-drive!

Durante as pesquisas não abra mão da possibilidade de fazer um test-drive no carro, afinal, a melhore escolha acontece quando você tem a oportunidade de testar o veículo. Fique atento a potência do motor, ao conforto interno, aos acessórios e ao rendimento do carro. Não deixe de fazer as perguntas que você achar importante para o vendedor que te acompanhar. Escolha o carro que te deixe mais seguro. Aqui, não preciso nem lembrar da questão do preço, afinal, você já se decidiu em testar apenas aqueles modelos que você pode pagar, né?!

Já pensou no seguro?

A última dica diz respeito ao seguro. Hoje, com essa onda de violência não tem como marcar bobeira e ficar com um carro sem seguro. Existem diversas seguradoras no mercado, e, assim como você pesquisou até encontrar o seu carro, faça o mesmo com a seguradora. A cada nova visita leve o orçamento da anterior e negocie bem com o corretor. Fique atento às todos os detalhes do contrato e àquilo que estará coberto pelo seu seguro.

E após escolher o seguro, caso algo aconteça com o veículo, não deixe de fazer valer o seu direito. Acione o seguro e receba o atendimento combinado em contrato.

Com essas dicas você está muito mais preparado para escolher o carro que lhe trará muito mais conforto e agilidade, mas também, muita responsabilidade. Avalie bem o momento e faça uma escolha bem segura e pautada, principalmente, na sua condição financeira. Ser solteiro é carregar a responsabilidade de gerir uma vida independente e sem o auxilio de outras pessoas, por isso, tenha sempre o controle como seu principal aliado.

1 comentário