Guia dos Solteiros

Novas dicas pra economizar morando sozinho

Morar sozinho tem lá as suas desvantagens. Não é à toa que muitos estudantes ou recém-formados procuram oportunidades para dividir apartamento e rachar o aluguel. Pelo menos sobra uma grana para aquela cervejinha com os amigos na sexta e a gente não precisa descontar todas as despesas da casa em uma só conta bancária. Mas nem sempre isso é possível, não é mesmo?

supermercado

Viver em um apartamento ou uma casa sem companhia pode sair mais caro do que a gente imagina. É por isso que hoje o Guia dos Solteiros traz para você uma lista com 5 dicas infalíveis para morar sozinho sem entrar no vermelho todo fim de mês.

1) Faça uma planilha com os seus gastos. Não precisa fazer uma mega tabela no Excel com 300 colunas e colocar até o R$2,50 da coxinha que você comeu na lanchonete do escritório… Basta arredondar os valores que você geralmente gasta no supermercado, com o aluguel, com a limpeza do apê/casa e assim vai. Assim você pode ir equilibrando suas despesas e detectar possíveis indícios de gastos não necessários (que atire a primeira pedra quem nunca comprou aquele conjunto de tigelas coloridas que parecia ser tão legal e tão útil na prateleira do mercado, mas que agora está parado faz 3 anos na despensa).

2) Considere vender coisas que você não usa mais. Continuando no papo do conjunto de tigelas: você não vai precisar delas tão cedo. Informe-se sobre bazares ou outros feirões de itens usados na sua cidade. Certamente há mais pessoas que estão por aí fazendo uma grana com coisas que, há princípio, pareciam não interessar à ninguém. Separe os itens por categoria e coloque em cima deles um preço bem baixinho. Você vai se surpreender quando se der conta que acabou de fazer 230 contos apenas se desfazendo do que não usa mais.

3) Pesquise online. Há sites para todos os tipos de coisas na internet. Precisa trocar de fogão? Pensou em botar um papel de parede bacana na sala? Hoje em dia é possível encontrar produtos super baratos na internet, comprar online e ter o conforto de receber tudo na sua casa. Uma boa dica é ficar de olho nos cupons de descontos de sites como por exemplo o Cuponation. Às vezes dá a louca em lojas como a Westwing ou a Mobly, e os caras dão mais de 70% de desconto em itens de casa e decoração (principalmente quando eles estão trocando de estoque)!

4) Faça você mesmo. Você precisa realmente chamar o seu João só para pintar a parede do quarto? Além de ter que pagar pelo material e pelo serviço todo, é preciso se adequar aos horários do profissional. A solução é: Separe um sábado qualquer na agenda, compre algumas tintas bacanas, dê uma olhada em dicas na internet para se inspirar, ligue o rádio e bote aquela sua camiseta que você não usa desde o colegial: Você pode dar conta da sua parede sozinho. Em vídeos do Youtube, como esse por exemplo, você acha várias pessoas que ensinam desde com o ligar uma secadora de roupa até a reformar um móvel sem o auxílio de um profissional.

5) Economize no que puder. Às vezes a gente descuida com a quantidade de energia elétrica utilizada no mês, ou se dá conta que está usando mais água que o necessário. Aquelas velhas e boas dicas, como por exemplo tomar banhos mais rápidos, tirar os equipamentos utilizados da tomada e etc, são fundamentais para o bem-estar do nosso bolso e do meio-ambiente.

3 comentários

Receba nossos artigos por e-mail:

Digite seu email:


Política de Privacidade