Guia dos Solteiros

Eleições 2012: votar nulo vale a pena mesmo?

Há muito mito nessa história de que votar nulo pode anular uma eleição. Veja aqui a importância de se informar.

Embora nossos artigos sempre falem de como resolver os problemas do dia a dia da vida de quem é solteiro(a) ou mora sozinho(a), às vezes é necessário falarmos um pouco de coisas mais sérias, como as eleições, por exemplo. Hoje em dia, os blogs têm um grande poder de audiência, e como responsabilidade social, não podemos nos negar a falar de algo assim tão importante. Vemos muitos sites convocando as pessoas para votarem nulo, afirmando que isso pode anular a eleição, mas vamos mostrar que não é bem assim.

Por que votar nulo é jogar seu voto fora?

Bom, basicamente, a maioria das pessoas que vota nulo, acredita que está protestando contra tudo que está aí em nosso cotidiano: corrupção, abuso de poder, promessas de campanhas que não são cumpridas, entre vários outros fatores que aumentam o descrédito do cidadão com a política. Mas há um outro fator importante.

Muitos votam nulo, se baseando em uma lei que diz que se 50% dos votos forem nulos, as eleições devem ser canceladas e novos candidatos escolhidos, mas não é bem assim. O advogado Marcelo Nogueira, membro do Instituto Brasileiro de Direito Tributário, alerta que eleitores induzidos em erro podem deixar de exercer seu direito-dever de votar, em nome da intenção de anular as eleições, que não possui qualquer base legal.

“Quem sai ganhando com isso é justamente quem se desejava evitar, os piores candidatos, que precisarão de menos votos para se eleger. Votar nulo não anula eleição, mesmo que os votos nulos correspondam a mais de 50% dos eleitores”. Nogueira explica que a anulação da eleição só pode ocorrer em razão de nulidade decretada pela Justiça Eleitoral e que, ainda assim, a Justiça Eleitoral só pode anular a votação nas hipóteses legais que o Código Eleitoral determina.

Pois é, é um dos muitos mitos que circulam pela Internet, e que podem até prejudicar mais nossa democracia e nosso poder de realmente mudar algo. Por isso, tenha bastante consciência antes de tentar anular seu voto, ok?


Conclusão

Bom, longe de ser um artigo panfletário (como se pode ver, não falamos aqui de nenhum candidato), apenas achamos que as eleições são uma parte importante do que nos constitui como cidadãos, e nisso, o Guia dos Solteiros não poderia ficar de fora, não é mesmo?

Pesquise bastante sobre qual candidato tem as melhores propostas e pode trazer mais prosperidade para sua cidade.

 

Fonte: O Debate.

Dê sua nota.

1 comentário

  • Eu já disse muitas vezes. Só tem um jeito: Se a gente não votar em quem já foi, ou é, ai sim tenho certeza que melhora. Em 1973 eu jjoquei uma maquina facita na cara de um sujeito. Fui prá rua e pró arquivo morto. Adeus serviço público. E se isto fosse aplicado para os políticos…hum! isto não acontece porque quem faz as leis são eles. mas…cuidado que aquele bom tempo pode voltar. A casa estar precisando de ordem.