Guia dos Solteiros

Eleições 2014: dicas para escolher melhor seu candidato e votar consciente!

Política não se discute? Pois aqui no Guia dos solteiros, discutimos sim senhor(a) ! Veja algumas dicas para escolher o melhor candidato (ou o “menos pior”) nas eleições 2014.

Com a chegada das eleições, muitas pessoas ficam perdidas sem saber em que candidato votar e acabam tomando atitudes drásticas, como por exemplo votar em branco ou nulo. Há um boato que circula há anos na Internet de que se houverem 51% de votos brancos a eleição é anulada e os candidatos devem ser trocados. Vários sites e jornais já desmentiram esse boato há tempos, mas ainda existe muita desinformação a respeito. Vamos dar algumas dicas aqui hoje sobre como pesquisar melhor e entender como escolher seu candidato. É óbvio que não faremos apologia a nenhum candidato ou a nenhum pensamento específico seja de direita ou esquerda. São apenas algumas sugestões de como é possível pesquisar mais antes de entregar o seu voto. Ainda que haja um descrédito no ato de votar, ainda é por meio dele que podemos expressar nossa vontade de mudança ou permanência do cenário político do país, estado e cidade.

Como votar consciente

votando consciente

Essas dicas abaixo, com certeza vão ajudar a embasar melhor o seu voto. São coisas até um tanto quanto óbvias mas que fazem a diferença.

Use a Internet para conhecer o passado do candidato

Procure conhecer o passado, as ideias e valores do candidato ou candidata. Se ele já se envolveu em escândalos de corrupção, comprou votos, foi cassado pela Justiça, renunciou a mandatos para escapar de punições ou se aliou a grupos envolvidos com essas práticas: simplesmente não vote nele! Uma boa dica é escrever no Google o nome do candidato junto com as palavras: é acusado de.

Atenção ao ficha limpa

O Ficha Limpa é um projeto de lei que restringe a candidatura de políticos que tenham condenações ou processos na Justiça. O objetivo é afastar da vida política candidatos que tenham histórico de corrupção. O projeto prevê que os políticos só poderão se candidatar novamente oito anos após cumprimento das penas judiciais.

Para ficar por dentro do histórico dos candidatos, a Justiça Eleitoral disponibiliza em sua página (clique aqui) um campo de pesquisa com informações que podem fazer a diferença na hora da escolha, como proposta de governo, declaração de bens, certidões criminais, prestação de contas e situação do processo.

Entenda as pesquisas

Entenda que a maioria das pesquisas são feitas sob encomenda aos institutos. E que normalmente, apenas uma amostragem pequena de pessoas é ouvida.Por exemplo, se entrevistarmos 2 mil pessoas em Minas Gerais, determinado candidato a presidente ganha de lavada. Se entrevistarmos 2 mil pessoas no nordeste, outro(a) determinado candidato(a) pode estar ganhando sem primeiro turno. Por isso, é importante não votar baseado em pesquisas, ainda mais se a metodologia pela qual ela foi realizada não estiver clara.

Aprenda a filtrar o que lê na Internet

Desconfie de posts de Facebook. Não é por que “saiu na Internet” ou “publicaram no facebook” que algo necessariamente é verdade.  Toda página que começa atacar demais somente determinado partido ou candidato, pode estar claramente sendo paga para isso. Verifique se as informações são mesmo verídicas, não saia compartilhando tudo que aparece na timeline, além de passar adiante informações errôneas acaba sendo um atestado de que você só segue a manada.Sites como o Efarsas por exemplo são ótimos para verificar boatos, se eles são reais ou infundados.

Voto Consciente

Assista aos debates

É comum os candidatos se debaterem na televisão quando se trata principalmente de eleições presidenciais ou estaduais. Essa é uma oportunidade de você avaliar seu candidato: é uma entrevista de emprego, no qual o patrão é você. Veja o comportamento dele perante os outros candidatos, ouça as propostas dele e veja se tem algum fundamento. Veja se ele tem segurança no que fala ou não, veja se ele é agressivo com os outros e perde logo o controle ou não. E, sobretudo, observe se ele usa o “embromation”: observe se ele responde as perguntas com argumentos consistentes ou fica dando voltas e não responde nada dando a impressão de que respondeu.

Cuidado com os candidatos “ciganos” 

Não vote em pessoas que mudam de partido, como “quem muda de roupa”. Ao votar no candidato, não estamos votando só na pessoa, mas no partido, ajudando a eleger outros candidatos do mesmo partido ou coligação: por isso saiba quem são os outros candidatos da legenda.

Conclusão

Pois é caros leitores e leitoras, muita gente diz que política é um assunto que não deve ser discutido. Mas aqui pensamos diferente. Política se discute sim e muito! Se alienar dos problemas que ocorrem em nosso país só ajuda os maus políticos a se elegerem de forma mais fácil. É da discussão de idéias que novas e boas idéias surgem.

E você? Qual sua opinião sobre a política do nosso país?

Referências: TRE-MG, TRE-ES, TSE, acessa.com

1 comentário

  • Surpreendente que uma proposta de “voto consciente” passe longe de falar da falta de transparência das urnas-E brasileiras, que não permitem ao eleitor conferir se o candidato que escolheu conscientemente e votou, recebeu de fato o seu voto. Só Brasil ainda se usa ele modelo antiquado da 1ª geração de máquinas de votar. Nos demais países que tem voto eletrônico se usa urnas de 2ª e de 3ª geração que, sem quebrar o sigilo do voto, são muito mais transparentes no registro e apuração. Do que adianta “voto consciente” se o eleitor não tem o “voto transparente” que lhe permita para ver para quem seu voto foi contado?

Receba nossos artigos por e-mail:

Digite seu email:


Política de Privacidade

300-101   400-101   300-320   300-070   300-206   200-310   300-135   300-208   810-403   400-050   640-916   642-997   300-209   400-201   200-355   352-001   642-999   350-080   MB2-712   400-051   C2150-606   1Z0-434   1Z0-146   C2090-919   C9560-655   642-64   100-101   CQE   CSSLP   200-125   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-075   300-115   AWS-SYSOPS   640-692   640-911   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   000-089   000-105   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410