Guia dos Solteiros

Curriculum Vitae: 7 dicas para fazer o seu!

curriculum vitae

Um dos desafios de quem mora sozinho, principalmente quando se está fazendo faculdade é arrumar o primeiro emprego ou estágio. E isso começa, com a redação de um currículo bem feito, que valorize seus pontos fortes e venda você como profissional competente para a empresa que deseja ingressar. Por isso, hoje vamos te dar uma ajudinha com isso.

Um currículo bem feito é capaz de abrir portas no mercado de trabalho, e antes mesmo o contratador conhecer o candidato pessoalmente, o currículo precisa ser capaz de passar uma boa impressão. Lembre-se: o seu currículo representa o profissional que você é. A seguir apresentaremos sete dicas para melhorar o seu currículo.

Dicas para fazer seu currículo

curriculum vitae

As dicas podem soar simples, mas ajudam bastante.Veja só:

Atenção aos erros de português

É extremamente importante que você use o português formal no texto do currículo. Depois que ele estiver pronto faça uma revisão minuciosa, corrigindo erros de português e de digitação. O corretor ortográfico do Word pode ser um aliado nesta tarefa ou você pode pedir pra um amigo revisar.

Apresente seus dados pessoais e de contato logo no começo do currículo

Um bom currículo começa com uma boa apresentação. Escreva seu nome completo, endereço, telefone e e-mail. Dados como idade e estado civil são opcionais. Só envie fotos ou dados de documentos pessoais, como RG ou CPF se a empresa solicitar. No caso da necessidade de enviar uma foto é importante que a foto passe uma imagem profissional, e deve-se evitar fotos em festas, com bebidas e cigarro.

Você também pode citar algumas redes sociais para facilitar o contato com empregador. Atualmente uma rede muito usada para contatos profissionais é o LinkedIn.

Seja objetivo

O currículo é um espaço para resumir as suas qualificações, então é importante que o texto seja objetivo e claro. Mencione qual é a área do seu interesse, fale da sua formação acadêmica e profissional de maneira firme e positiva.

Valorize suas qualidades profissionais

É importante que o empregador conheça os seus pontos fortes, por isso não deixe de mencionar sua experiência profissional e como você pode contribuir para a empresa. Também é importante que você faça um breve resumo da sua vida profissional, valorizando suas qualidades.

Atenção a estética e ao número de páginas

Não é interessante que o currículo tenha uma estética carregada, com fontes rebuscadas e muitas cores. Use fontes que facilitem a leitura, como Verdana, Arial ou Times New Roman, de maneira geral na cor preta. Você também pode colocar em negrito algumas informações importantes, com o objetivo de destacá-las. Mostre organização.

Quanto ao número de páginas, um bom currículo tem entre uma e duas páginas, dependendo da sua formação e experiência profissional. Para os menos experientes, uma página é capaz de resumir suas capacitações.

Não deixe de mencionar experiências complementares

Mostre para o empregador que as suas habilidades e competências vão além do âmbito profissional e acadêmico, como cursos e especializações. Mencione também experiências como intercâmbio cultural, cargos de lideranças em grupos sociais, e principalmente o domínio de outros idiomas e conhecimentos em informática.

Jamais minta no currículo

Não minta sobre as suas qualificações e experiências, já que caso você seja contratado, pode ser desmentido ao se deparar com um desafio no emprego. É muito comum encontrar pessoas que mentem sobre fluência em idiomas ou sobre antigos empregos, o que passa uma péssima imagem do candidato caso o empregador procure saber quais são as suas reais competências.

Pois é caros solteiros e solteiras, espero que tenham curtido essas super dicas e que arrebentem no mercado de trabalho!

Dúvidas e sugestões podem deixar nos comentários! 

Adicionar comentário