Guia dos Solteiros

Dicas para Viajar Sozinho

Se organizar uma viagem com seus amigos parece impossível, que tal se jogar em uma aventura por conta própria? Confira dicas para viajar sozinho e curtir essa experiência incrível!

Quem costuma viajar por conta própria garante que essa é uma das experiências mais enriquecedoras que alguém pode viver. O fato de escolher todos os detalhes, se colocar diante do desconhecido, fazer novas amizades e, no meio disso tudo, mergulhar em uma nova cultura, faz com que a viagem seja inesquecível. Se você está pensando em fazer as malas e se jogar no mundo, confira algumas dicas para viajar sozinho.

Mas antes, por que viajar sozinho?

Algumas pessoas fazem esse tipo de viagem pela aventura em si, mas o que influencia muita gente a tomar a decisão de viajar por conta própria é a falta de companhia. Se você é solteiro sabe o quanto é difícil organizar uma ida à praia com os amigos, imagine uma viagem um pouco mais longa. Assim, ao invés de continuar deixando seus planos de uma aventura de lado enquanto seus amigos se organizam, avalie a possibilidade de aproveitar sua própria presença.

É claro que não contar com alguém para compartilhar as alegrias (e os dramas) de uma viagem pode ser desafiador, mas por outro lado, um amplo leque de possibilidades se abre, desde conhecer novas pessoas até se dar a chance de aprender um outro idioma. Além disso, em uma viagem sozinho você poderá definir cada escolha, sem depender de ninguém.

Mas para deixar a experiência ainda melhor, separamos algumas dicas para viajar sozinho e voltar com boas lembranças para casa!

Escolha um bom destino

Observando a paisagem
Registrando alguns destinos (Foto: pixabay)

Uma vez que você está indo viajar sozinho, a decisão do destino é só sua. Você pode escolher qualquer lugar do Brasil ou do mundo, desde que caiba no seu orçamento. Viajando por conta própria é ainda mais fácil de fazer um programa de estudos para aprender idiomas. Existem centenas de boas escolas em todo o mundo e dessa forma você aproveita suas férias para aprender algo novo.

Porém, se essa for sua primeira experiência e você não quiser ir muito longe, especialmente pela barreira do idioma, pode escolher destinos famosos dentro do Brasil. Afinal, em caso de qualquer situação adversa, pelo menos a língua estará à seu favor. O Rio de Janeiro é um ótimo exemplo de cidade com boa estrutura para visitar, tanto na mobilidade quanto nos
Walking Tour no Rio
 que você pode fazer – e nada impede que você encontre alguns “gringos” para treinar o inglês.

Menos é mais

Fazer as malas é sempre desafiador – mesmo que seja para passar um final de semana no sítio. Mas viajando sozinho esse item é ainda mais importante. Pode ser que seu voo não conte com bagagem despachada, ou que você se hospede em um hostel com armários limitados, a verdade é que uma mala compacta significa menos peso para você carregar.  Tente levar somente o que for útil, prezando por peças de roupas que podem ser lavadas com facilidade.

Segurança na viagem

Um estudo recente realizado pelo site Booking apontou que 17% das mulheres latino-americanas tem medo de viajar por conta própria. E é compreensível: nem todas as cidades oferecem proteção adequada aos viajantes. Mas você pode tomar alguns pequenos cuidados para evitar situações ruins. E muitas dessas atitudes, certamente, você já toma onde mora.

Evite andar sozinho de madrugada, não aceite caronas ou bebidas de desconhecidos (por mais que as pessoas pareçam simpáticas), não use joias e tente ficar sempre atento a sua bolsa ou mala. Vale também fazer uma cópia impressa de todos os seus documentos e outra em nuvem, para caso de roubos de documentos. E claro, faça um seguro viagem que cubra imprevistos com a saúde.

Experimente o novo

Uma das melhores coisas em viajar sozinho é que não há julgamento: você pode tomar suas decisões, sem se preocupar com o que os outros vão pensar. Por isso, aproveite a oportunidade para experimentar coisas novas, desde ir à um museu que a maioria das pessoas não gostaria de visitar, até provar os pratos típicos da região. Isso vale também para estar aberto a conversar com as pessoas e descobrir suas histórias. Cada minuto do seu dia é uma oportunidade de viver algo novo, especialmente em uma viagem.

Leve seus amigos junto!

Viajar sozinho abre a possibilidade de fazer novos amigos, mas isso não significa que você precisa deixar os “velhos” para trás. Com as redes sociais e os aplicativos de conversa, vai ser fácil compartilhar com sua turma tudo o que você está vendo de novo, e quem sabe, isso anime outras pessoas a embarcarem em uma aventura também! Certamente, você vai ter bons momentos nessa viagem.

Fonte da imagem destaque: Pixabay

Adicionar comentário