Guia dos Solteiros

Auto-exame das mamas: o que é? Como fazer?

No Brasil, nas últimas duas décadas, a taxa bruta de mortalidade por câncer de mama apresentou uma elevação de 68%. É a maior causa de óbitos por câncer na população feminina, principalmente na faixa etária entre 40 e 69 anos.

Campanha contra o câncer de mama veiculada nos EUA. “Não existe mulher maravilha quando se trata de câncer. Ninguém está imune. Faça o auto-exame”.

Aproximadamente 80% dos tumores são descobertos pela própria mulher ao palpar suas mamas. Porém, um dos fatores que dificultam o tratamento é o estágio avançado em que a doença é descoberta. Cerca de 50% dos casos são diagnosticados em estágios avançados, gerando tratamentos muitas vezes mutilantes o que causa maior sofrimento à mulher. Quando o câncer de mama é descoberto cedo e tratado corretamente, as chances de cura são melhores. Por isso, toda mulher deveria fazer o auto-exame da mama regularmente.

O que é o auto-exame?

É um exame mensal que a mulher pode fazer em si mesma para verificar a presença de câncer nos seios.

Como pode ser feito?

1. Examine seus seios no chuveiro pois as mãos escorregam mais facilmente quando a pele está molhada. Em pé, com seus dedos esticados, mova-os em toda a área de cada seio, procurando por protuberâncias, caroços duros e verifique a espessura. Divida o seio em faixas verticais e horizontais e com os dedos estendidos e em pequenos movimentos circulares, faça a palpação de cada faixa, de cima para baixo. Palpe também a axila e o pescoço. Não se esqueça, todo o seio deve ser palpado, mas dê particular atenção ao quadrante superior-externo.

 

2. Em frente ao espelho: observe os dois seios, primeiro com os braços caídos, depois com as mãos na cintura fazendo força nas mãos e, por fim, com elas atrás da cabeça, observe tamanho, posição, forma da pele, aréola e mamilo. Faça o mesmo controle com os braços levantados e mantidos atrás da cabeça. Qualquer alteração é importante. Pressione o mamilo suavemente e veja se dá saída a qualquer líquido. Se o mamilo está umbilicado (metido para dentro como o umbigo) e não era assim, essa é uma alteração importante também.

3. Deite e coloque um pequeno travesseiro ou uma toalha enrolada atrás de seu ombro esquerdo e ponha o braço esquerdo atrás da cabeça. Sinta se existe algum caroço que não existe na mesma área do outro seio. Aperte o mamilo de cada seio gentilmente entre o polegar e o dedo indicador. Fale para seu médico imediatamente caso ocorra alguma descarga de fluido.

exame


Nunca deixe pra depois as questões relacionadas com a sua saúde. Se achar alguma protuberância, ondulação ou liberação de fluido durante o seu auto-exame, vá ao médico assim que possível. Não tenha medo. A maioria dos caroços não são cancerosos, mas somente o médico pode dar o diagnóstico.

Fontes: Orientações Médicas e Boa Saúde.

1 comentário

Receba nossos artigos por e-mail:

Digite seu email:


Política de Privacidade