Guia dos Solteiros

Suplementos alimentares: aprenda mais sobre suas indicações e efeitos

Mostramos para que são indicados e que efeitos proporcionam os suplementos alimentares.

Os suplementos alimentares tem se tornado cada vez mais populares no nosso cotidiano, seja pelo uso de atletas que querem ganhar massa muscular, seja por mulheres que querem engravidar ou emagrecer.
Reunimos aqui várias informações importantes para entendermos melhor qual a sua ação e os cuidados que se deve ter antes de utilizar algum deles. Vamos lá?

O que são suplementos alimentares?

Os suplementos alimentares são muitas vezes confundidos com esteroides, as famosas “bombas” que os atletas tomam pra crescer em massa muscular, mas na verdade não tem nada a ver com isso. Eles na verdade são produtos utilizados para suprir algumas carências nutricionais do organismo, com características idênticas aos dos alimentos comum.

Para que são usados os suplementos alimentares?
Existem vários usos para os suplementos alimentares: podem ser usados por pessoas saudáveis para manutenção ou melhoria do desempenho físico, para complementar alguma dieta, e em alguns casos até para melhoria da fertilidade. Também existem estudos que defendem seu uso para evitar doenças e até para aumentar a expectativa de vida.


Quais são os tipos existentes?

Antioxidantes – são ricos em nutrientes antioxidantes, que ajudam na limpeza do organismo. Quem pratica muita atividade física acaba liberando muitos radicais livres no organismo que são responsáveis pelo envelhecimento precoce ou mesmo que levam a doenças como o câncer. Esses antioxidantes ajudam na eliminação desses radicais livres.

Oxido Nítrico – suplementos geradores de Óxido Nítrico (NO2), foram inventados pelo mesmo cientista que introduziu a Creatina no mercado em 1993 – Ed Byrd, cofundador de EAS™ e agora o presidente de MRI™ (Medical Research Institute). Ele atua no músculo como molécula sinalizadora responsável pelo fluxo de sangue (hemodilatação), transporte de oxigênio, equilíbrio da glicose, velocidade de contração muscular, produção de energia e crescimento do músculo.

Creatina – substância produzida pelo organismo, também encontrada na carne vermelha. no corpo, é produzida no fígado. A suplementação satura os músculos com o nutriente, dando combustível para força e ganho muscular. Consumida em todo o mundo, no Brasil sua venda em lojas de suplementos foi proibida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

Hipercalóricos – são suplementos que possuem um valor energético alto. Esses suplementos são compostos por carboidratos e aminoácidos essenciais, ou seja, aminoácidos que não produzimos no nosso organismo.

Estimulantes – na verdade, existem estimulantes naturais como a cafeína e outros, que realmente aumentam a disposição e a energia do corpo, porém existe uma grande confusão a respeito. Vendidos como uma mistura inofensiva de compostos que prometem energia extra, emagrecimento rápido e músculos maiores, alguns suplementos alimentares podem representar sérios riscos à saúde. Os mais recentes “milagres” propagandeados pelo boca a boca entre os frequentadores de academias atendem pelos nomes de Jack3d e Oxyelite Pro e similares.

Ácido linoleico (CA, LA, CL) – é um ácido graxo poli-insaturado utilizado na biossíntese de ácido araquidônico (AA) e, assim, algumas prostaglandinas. É abundante em muitos óleos vegetais, compreendendo mais de metade (em peso) de sementes de papoula, cártamo, girassol, milho e óleos.

Amino Líquidos – estes são proteínas em versões líquidas. Possuem uma alta digestibilidade e são ideais para serem usados antes e depois da atividade física. Podem, ainda, servir como uma proteína prática para complementar uma refeição a qualquer hora.

Glutamina –
aminoácido encontrado em fontes de proteínas, como carne, leite e soja. Age no corpo promovendo o aumento muscular e nutre as células imunológicas, estimulando a produção de anticorpos. Por minimizar a fadiga, é recomendada para quem treina pesado.

Termogênicos – esses produtos são vendidos sob o apelo de acelerar o metabolismo e são muito procurados pelas mulheres. No entanto, boa parte deles não possui evidências científicas que comprovem seus efeitos. é preciso a liberação e o acompanhamento de um médico para não gerar efeitos adversos para a saúde, como taquicardia e insônia, dentre outros males.Alguns são erroneamente vendidos como alimentos para emagrecer somente, como já citamos nesse post aqui.

BCAA –
é um mix dos principais aminoácidos requeridos pela musculatura durante a atividade física. Esse produto é indicado para quem treina pesado e precisa estar inteiro no dia seguinte, pois ajuda na recuperação da musculatura. Além disso, aumenta a capacidade de ganho de massa muscular.


Quais os perigos do uso de suplementos alimentares?
Se os suplementos alimentares forem mal administrados, oferecem sérios riscos à saúde. Vale ressaltar que uma pessoa normal não precisa fazer o uso de complementos alimentares, pois o uso indevido pode ser convertido em gorduras, sem contar com o risco de causar câncer no fígado, rins, pulmões, impotência sexual, aumento do tempo de coagulação do sangue em longo prazo e contribuir também com outros males. Por isso, é de grande importância fazer uma avaliação de constituição genética, alimentação balanceada e intensidade de treinamento de cada indivíduo, antes de se iniciar o uso de uma suplementação alimentar.

Os suplementos podem causar ainda efeitos colaterais. Entre os mais frequentes estão:
– Sensação de formigamento nos pés e nas mãos
– Alterações de pressão arterial
– Taquicardia
– Deficiências renais diversas
– Enjôo
– Tontura
– Desmaio
– Dor de cabeça

Os especialistas são unânimes em afirmar também que uma boa alimentação é capaz de fazer às vezes da suplementação, seja em busca de músculos mais definidos, no processo de emagrecimento ou ainda para ter mais energia durante o treino.


Conclusão
Pois é pessoal, espero que tenha ficado claro como os suplementos alimentares podem ser úteis para sua saúde, mas como também se deve ter cuidado no uso dos mesmos, ok? Obviamente, um médico nutricionista deve ser sempre consultado antes de tentar qualquer dieta a base desses suplementos.
Dúvidas ou sugestões, estamos à disposição nos comentários!

Fontes: Essa, essa e essa.

1 comentário

Receba nossos artigos por e-mail:

Digite seu email:


Política de Privacidade