Guia dos Solteiros

Gastou demais no carnaval? Veja como equilibrar as despesas!

Se descontrolou e acabou gastando demais no verão e no carnaval? Veja nossas dicas para voltar as finanças pros eixos.

O verão é uma época de festa, curtição e viagens, e que ainda emenda direto no carnaval, o que acaba fazendo um rombo considerável nas finanças de qualquer solteiro. Assim, é comum que ao voltar do carnaval e cair na rotina de novo, as contas estejam um caos:dívida no cartão de crédito, cheque especial já comendo na conta, entre outras pequenas(ou grandes dependendo do caso) dívidas. Por isso, é agora a hora de tentar botar tudo de volta nos trilhos.E como fazer isso? Basta seguir com atenção as nossas dicas:

 

dividas

1- Trocando de Divida

Troque uma dívida mais cara por uma mais barata. Não, eu não enlouqueci ao dar essa dica,em alguns casos vale a pena! Usar um CDC no banco, por exemplo, com juros de cerca de 4% ao mês para cobrir o cartão de crédito, que tem juros médios de 14,90% ao mês é uma boa!

2-Se preciso, peça ajuda!

Não tenha vergonha de procurar ajuda. As associações de defesa do consumidor, o Procon ou um advogado são muito úteis nesta hora. Portanto, nunca assine um novo compromisso antes de consulta-los. Ninguém é obrigado a entender profundamente de finanças, e se você se enrolou mesmo com os gastos nas férias, conseguir ajuda pode ser uma ótima solução!

3- Use planilhas mas com cuidado

O uso da planilha financeira rigorosamente vicia, escraviza, desvia o foco, faz com que a pessoa mentalize apenas dívidas e passivos, esquecendo-se que alguns gastos não só são necessários, mas fazem parte da sua vida, no sentido de por exemplo gastar com diversão.A planilha será boa para se ver livre das dívidas, mas se você sempre depende dela, pode começar a enxergar o dinheiro como um fim em si e não como uma forma de atingir determinados objetivos de vida.

4- Se livre do cartão e do cheque especial primeiro!

O uso do limite especial deve ser usado para contratempos por, no máximo, 1 semana. Para períodos maiores, recorra às linhas de financiamento mais baratas, como o crédito consignado, que tem juros de 2% ao mês. Isso encaixa na dica 1 que dei lá em cima.Cartão de crédito e cheque especial são os piores venenos para seu bolso, livre-se deles o quanto antes!

5-Aperte o cinto!

Meio óbvio falar isso e talvez meio tarde agora que você se endividou, mas não tem jeito, se as dívidas estão grandes, o jeito é apertar o sinto e sair menos, tentar comer menos fora de casa, economizar com a faxineira e você mesmo arrumar a casa.Pegar carona na volta do trabalho pra economizar o ônibus, comprar pão na padaria mais barata, quando se tem dívidas qualquer economia já ajuda!

6- Já está no SPC e SERASA? Isso pode ser bom…

Não acredite em anúncios que prometem tirar você do SPC e SERASA de forma rápida e fácil, lembre-se que você demorou meses para fazer essas dívidas e em meses ou até anos vai sair delas, não do dia para a noite. Tenha paciência e organização. Encare o SPC e SERASA como vantagem, pois você não vai mais conseguir crédito no mercado para gastar e conseqüentemente vai diminuir suas despesas, fazendo sobrar dinheiro e impedindo que pelo menos por enquanto as dívidas das férias se acumulem.

 

Conclusão

 

Pois é, espero que tenham gostado dessas dicas, se você também andou gastando demais nas férias.

E não se acanhe se nenhum amigo seu estiver nessa mesma situação.Quem não tem medo de gastar sem garantias, passa a impressão de que ganha mais do que realmente ganha. Mas um pouquinho de receio pode ser muito benéfico!

 

Referências: Renan Lima e Você s/a

Adicionar comentário